quarta-feira, 20 de fevereiro de 2008

Páscoa, Carnaval, Coelhos, Ovos e Primavera: hã? O que tudo isso tem haver.

É como se diz o velho ditado: "No Brasil o ano só começa depois do carnaval", e é verdade, por isso esse será um ano difícil para os amantes de feriados ( :/ ), além de já estarmos escassos de feriados, nosso feriado municipal (nove de março) cairá no domingo, sem contar o carnaval super cedo, é isso aí vadiozão esse ano não vai ter tanta moleza.

Ok, mas péra aí! Porque esse ano o carnaval foi tão cedo ...?

A verdade é que o carnaval depende da data da páscoa que é sempre variante por causa do ciclo lunar. Mas... como assim? Calma eu já explico...

Apesar de os judeus já comemorarem a Pessach (passagem), a páscoa cristã em nada tem a ver com esta. A páscoa cristã marca o período da ressureição de Cristo e tal, então você deve estar se perguntando: Ok, mas porque não é uma data fixa como o Natal? A data da páscoa cristã surgiu com o início do movimento para a conversão ao cristianismo dos povos bárbaros que habitavam a Europa, como os Germanos, os Celtas, os Francos etc. Esses povos, assim como os Vikings e outros povos nórdicos tinham como data muito importante o início da primavera com festas com o tema fertilidade e a deuses ligados a esta estação (como Freya por exemplo na tradição Viking).

Por isso até hoje as datas da páscoa tem a ver com o equinócio de primavera, afinal não seria nada fácil converter hordas de bárbaros sanguinários sem manter sua mais importante festividade, além disto dar o nome de páscoa a essa celebração apagou a relevância da festa original judaica, e quando o cristão lê sobre a paixão de cristo nos evangelhos e lê a palvra páscoa remete instantaneamente para a páscoa cristã, e não a pessach que é seu sentido original.

O cálculo é o seguinte (Fonte) : A páscoa é o primeiro domingo após a primeira lua cheia que ocorre depois do equinócio da Primavera (no hemisfério norte, outono no hemisfério sul). Como a lua completa seu ciclo a cada 28 dias, a data varia a cada ano. Vale lembrar que o cálculo da páscoa judaica não tem nada a ver com o da cristã.

A terça-feira de carnaval ocorre 47 dias antes da Páscoa, a Pentecostes é o oitavo domingo após a páscoa e a quinta-feira de Corpus Christi 60 dias depois (oba outro feriado lol).

Recordar essa origem nos faz ficar claro o porquê de alguns símbolos da páscoa como o coelho e os ovos (símbolos de fertilidade). É interessante observar a palavra páscoa nos mais variados idiomas: em Búlgaro = Paskha, em Frânces = Pâques, em Italiano = Pasqua, em Islandês = Paska, em Norueguês = Påske, em Romeno = Paşti, em Inglês = Easter e em Alemão = Ostern, peraí Easter, Ostern ...?

Esses nomes decendem de nomes de antigas deusas Germânicas e Saxônicas, povos que mais tarde deram origem a Alemanha e a Inglaterra, como você deve supor estas são deusas da fertilidade e sua comemoração condiz com o equinócio de Primavera. As deusas em questão são Ishtar e Eostre. A deusa Eostre é tida como uma manifestação de Freya, ou uma adaptação germânica para o mito, tinha como símbolo a lebre, os pássaros, a criança e os ovos, como se vê todos símbolos ligados a fertilidade, abaixo uma ilustração da deusa germânica:


Divindade germânica Eostre, coelhos voando e crianças com asas: será ela a deusa do psicodelismo?

Veja só essa interessante lenda a respeito de Eostre (Fonte): "Um dia, Eostre estava sentada em um jardim com suas tão amadas crianças, quando um amável pássaro voou sobre elas e pousou na mão da Deusa. Ao dizer algumas palavras mágicas, o pássaro se transformou no animal favorito de Eostre, uma lebre. Isto maravilhou as crianças. Com o passar dos meses, elas repararam que a lebre não estava feliz com a transformação, porque não mais podia cantar nem voar.

As crianças pediram a Eostre que revertesse o encantamento. Ela tentou de todas as formas, mas não conseguiu desfazer o encanto. A magia já estava feita e nada poderia revertê-la. Eostre decidiu esperar até que o inverno passasse, pois nesta época seu poder diminuía. Quem sabe quando a Primavera retornasse e ela fosse de novo restituída de seus poderes plenamente pudesse ao menos dar alguns momentos de alegria à lebre, transformando-a novamente em pássaro, nem que fosse por alguns momentos.

A lebre assim permaneceu até que então a primavera chegou. Nessa época os poderes de Eostre estavam em seu apogeu e ela pôde transformar a lebre em um pássaro novamente, durante algum tempo. Agradecido, o pássaro botou ovos em homenagem a Eostre. Em celebração à sua liberdade e às crianças, que tinham pedido a Eostre que lhe concedesse sua forma original, o pássaro, transformado em lebre novamente, pintou os ovos e os distribuiu pelo mundo.

Para lembrar às pessoas de seu ato tolo de interferir no livre-arbítrio de alguém, Eostre entalhou a figura de uma lebre na lua que pode ser vista até hoje por nós."


Coelho "entalhado" na lua: você recorda do ato tolo de ferir o livre-arbítrio de alguém?

Notaram alguma semelhança com a tradição do coelho da páscoa? A tradição de presentar com ovos é antiga e desde a Ucrânia até a China, em todo o mundo havia essa tradição, os franceses foram quem primeiro transformaram os ovos de galinha em de chocolate (iguaria trazida do nosso tão amado continente). Daí para virar uma tradição de mercado foi um pulo. Quem sabe esse ano a gente pense um pouco antes de pegar aquele ovo nº12 quebrado em liquidação para presentear aquele afilhado xarope e por em xeque se vale a pena levar adiante uma tradição que até bem pouco nós não sabíamos qual era a origem.

7 comentários:

Alexandre disse...

Caro Aislan,

em um país onde feriados são plantados por todos e cultivados por muitos, principalmente por funcionários públicos, me é estranho ainda não haver nenhuma lei que impeça o feriado cair num sábado ou domingo. Ou melhor, uma lei que prorrogue o feriado para o dia seguinte nesses casos.
Afinal, pra ser feriado, tem que ser durante a semana, porque final de semana, não é feriado.

Um abraço de seu amigo e assíduo leitor do Crônicas Joinvillenses,

Alexandre dos Santos

Joziane disse...

Xero... ótima matéria "blogueira"

Já pensou em fazer jornalisom, algo parecido??? ^^


Te amo, bjão, abração e até mais ;*

Filipe Ramos do disse...

Aislan,

Muito boas suas primeiras "matérias". Um conteúdo no mínimo interssante, original e sem falcatruass e nem delongas.

Abraço,
Filipe Amaral.

Different way disse...

AHAHHAHA eu nunca enchergo o maldito coelho na lua.. acho q nem se contornassem eu enchergaria, agora toda essa fonte de cultura veio de zeitgeist?
abraços

diego.willrich disse...

Muito bacana o artigo Aislan!
É seu ou você copiou de algum lugar?

Continue postando deste jeito e n´so do TecnoPOP.info sempre estaremos linkando seu blog!

Aislan Adi disse...

Valeu Diego lol

e sim o post é "a moda da casa".

grato pela colaboração

majurieveiga disse...

Que orgulho danado dessa família